As Regras da Ordem Franciscana Secular

1. As Regras da Ordem Franciscana Secular

Antes de se apresentar o texto da Regra promulgado por Sua Santidade o Papa Paulo VI, parece-nos importante entender um pouco todo o percurso que levou desde S. Francisco e os primeiros Terceiros Franciscanos, até ao nosso tempo.

De notar que S. Francisco foi o primeiro na Vida Religiosa a escrever uma forma de vida para leigos que, ao jeito simples do Poverello, queriam viver mais unidos ao ideal da Menoridade,carisma Franciscano, vivendo e testemunhando no mundo o ser irmão na vivência radical do Evangelho.

O número três da Regra começa por referir que: “A presente Regra, após o “Memoriale Propositi”(1221) e após as Regras aprovadas pelos Sumos Pontífices Nicolau IV e LeãoXIII, adapta a Ordem Franciscana Secular às exigências e expectativas da SantaIgreja nestes tempos de acentuadas mu­danças. A sua interpretação compete àSanta Sé e a aplicação será feita pelas Constituições Gerais e por Estatutos particulares.”

Francisco e seus companheiros,com seu impulso de renovação evan­gélica conferiram ao movimento penitencial uma nova vitalidade. Com este novo vigor a Igreja nos pontificados de InocêncioIII e Honório III, por inicia­tiva principalmente do Cardeal Hugolino, procura comunicar ao movimento penitencial uma coerência maior e até uma personalidade canónica definida. Surgiu, o “Memoriale Propositi”, que orientou todos os penitentes até 1284.

1.1. “Memoriale Propositi”

Esta Regra é considerada obra do Cardeal Hugolino e inicia-se assim:

Começa a Regra e a vida dos Irmãos e Irmãs da Penitência.

Em nome do Pai , do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Este é o memorial sobre a vida dos Irmãos e Irmãs da Penitência que continuam vivendo em suas próprias casas. Foi iniciado no ano do Senhor de 1221, durante o reinado do senhor Papa Gregório IX, em 20 de maio, na primeira indicção 1.

Esta primeira regra foi dividida em treze capítulos.

1.2. A Regra de Nicolau IV

Esta Regra foi composta por FreiCaro de Florença em 1284, e aprova­da em 1289, pelo Papa Nicolau IV com a BulaSupra Montem, nela o Papa reconhecia São Francisco como fundador da Ordem da Penitencia e impu­nha que “todos os visitadores e formadores” deviam ser dos Irmãos Meno­res; a Ordem daPenitência ficava, pois, sob a direção da Ordem Primeira.

Ela começa assim:

Nicolau, bispo, servo dos servos de Deus.

Aos diletos em Cristo, filhos e filhas, aos Irmãos e Irmãs da Ordem da Penitência, assim como aos futuros,saudação e bênção apostólica. Esta Regra foi dividida em vinte capítulos. E termina assim:

Dada em Rieti, no dia 18 de agosto de 1289, segundo ano de nosso Pontificado.

No século XIV (alguns historiadores dizem que em 1305) a Ordem dos Irmãos e Irmãs da Penitência passou a ser chamada de Ordem Terceira de São Francisco ou Ordem Terceira Franciscana.

Ler mais (Descarregar PDF 209KB)

Venerável Ordem Terceira

AGENDA DA FRATERNIDADE

Agosto

02 Agosto N. S. dos Anjos da Porciúncula: Indulgência Plenária - Perdão de Assis (veja com o seu Assistente como pode beneficiar desta Indulgência)
06 Agosto a 13 Agosto Peregrinação da OFS à Itália
11 Agosto (ter) Santa Clara de Assis, Virgem
25 Agosto (ter) S. Luís, Rei de França - Padroeiro da OFS

Outubro

10 Outubro ANIV. - P. Frei Albertino da Silva Rodrigues,  OFM
HOTC
Vaticano
Igreja Portuguesa
Família Franciscana
CIOFS
OFS Portugal
Fátima
Ecclesia
Jufra OFS